• Controle de qualidade e pesquisa na indústria de tintas e revestimentos

    Informe-se

    Os instrumentos da Anton Paar oferecem informações sobre a estrutura, comportamento e consistência dos seus materiais. Qualquer tipo de amostra pode ser analisada - líquida e particulada - desde as matérias primas de entrada, passando pelos produtos intermediários, até as tintas e revestimentos finais (além de superfícies revestidas e pintadas). Todos os equipamentos são projetados para facilitar a caracterização de suas amostras, seja em forma particulada seca, líquida, ou sobre superfícies.

    A Anton Paar oferece um portfólio abrangente de instrumentos para caracterizar as tintas e revestimentos durante todo o ciclo de vida das matérias primas até o produto aplicado.

  • Encontre sua solução

    Tintas e revestimentos podem ser desafiadores. A Anton Paar oferece uma variedade de soluções para determinar os parâmetros essenciais, das matérias primas até o produto final.

    SoluçãoO seu benefícioInstrumento
    DISPERSÃO/SUSPENSÃO - LÍQUIDO

    O revestimento de madeira é muito fino ou muito grosso para a aplicação.

    Determine a viscosidade do revestimento executando verificações rápidas de controle de qualidade a uma velocidade constante.

    O revestimento de madeira não escorre, nem deixa sulcos irregulares na superfície.

    O revestimento de madeira é muito fino ou muito grosso para a aplicação.

    Determine a viscosidade em diferentes taxas de cisalhamento para analisar a viscosidade do revestimento em repouso e durante a aplicação.

    Use os resultados para ajustar o comportamento do fluxo do revestimento da madeira, para que seja ideal em cada etapa de uso.

    A tinta fica emperrada durante o bombeamento ou na aplicação.

    Analise o limite de escoamento da tinta com um reômetro ou um viscosímetro e reduza o limite de escoamento de modo que seja necessária menos força para iniciar o escoamento da amostra.

    Tempo de parada nulo para sua usina de produção, graças a um processo de transporte eficiente e suave durante a produção da tinta.

    A tinta da parede produz uma espessura inadequada da camada ou mostra flacidez após a aplicação.

    Analise a decomposição estrutural e recuperação da estrutura interna da tinta para ajustar a fórmula.

    A tinha de parede possui uma espessura de camada úmida suficientemente alta e não demonstra flacidez.

    A tinta automotiva é muito espessa para a pulverização e produz pequenas gotículas visíveis que levam a um acabamento irregular.

    Analise a viscosidade da tinta em altas taxas de cisalhamento (1.000s-1 a 10.000s-1) e ajuste os ingredientes.

    Tenha certeza de que seu produto possui a viscosidade correta para aplicações de alto cisalhamento, por exemplo, borrifamento, escovamento, e acabamento suave.

    Pigmentos e cargas em tinta arquitetônica se depositam durante o armazenamento (curto prazo).

    Analise a viscosidade em baixas taxas de cisalhamento (<1s-1) e ajuste a fórmula.

    Use os resultados para mudar a formulação e evitar a sedimentação prematura da tinta. Quanto maior a viscosidade na faixa de baixo cisalhamento, melhor a estabilidade.

    A tinta mostra a separação de fases ou a sedimentação após um certo período de descanso (longo prazo).

    Verifique a estabilidade do armazenamento com uma varredura de frequência e ajuste a fórmula.

    A estabilidade prolongada de armazenamento de sua tinta é garantida.

    A tinta é fina demais para aplicação a 50 °C.

    Determine e ajuste a viscosidade exatamente na temperatura definida.

    A tinta possui a formulação ideal para as condições da aplicação.

    O endurecimento do revestimento epóxi de dois componentes já ocorre durante a aplicação.

    Analise a viscosidade para saber quando a ela é dobrada se comparada à seu estado no começo da reação. Com este conhecimento, você poderá ajustar a fórmula do revestimento de epóxi.

    Seu revestimento de epóxi endurece no momento certo após o período de aplicação.

    A tinta não seca após a aplicação em ambientes muito úmidos.

    Ajuste a umidade e a temperatura do ambiente durante caracterização reológica da sua pintura.

    Verifique se a sua tinta seca sob condições predefinidas de temperatura e umidade.

    O revestimento sensível a UV não curou da forma esperada e a superfície mostra arranhões e saliências.

    Simule reações de reticulação com uso de diferentes intensidades de luz UV, enquanto realiza a medição das propriedades reológicas.

    Um revestimento que cura em segundos em luz ultravioleta e cobre e protege perfeitamente o material revestido.

    A camada de um revestimento de madeira fica muito frágil ou muito macia após a curagem.

    Determine o comportamento de DMA do filme e adapte a formulação.

    Elasticidade suficiente no filme e um bom acabamento de revestimento.

    A tinta não atinge a aparência final desejada (brilho da tinta).

    Determine e ajuste o tamanho de partícula do pigmento.

    Um produto sem falhas que mostra o acabamento fosco ou brilhante desejado, sempre sendo o favorito do cliente

    A tinta não mostra a intensidade de cor desejada.

    Meça e ajuste o tamanho de partícula do pigmento conforme o aumento da intensidade de cor e a diminuição do tamanho da partícula.

    Sua tinta possui a intensidade certa de cor e o usuário está contente com o resultado após a aplicação.

    O material mostra um comportamento inconsistente dos revestimentos.

    Determine o tamanho de partícula na tinta ou a dispersão do revestimento para identificar e evitar a agregação de partículas antes do processo de revestimento.

    Comportamento uniforme de revestimento

    A dispersão mostra uma tendência indesejada à agregação.

    Determine o potencial zeta das partículas na dispersão com o Litesizer para melhorar sua fórmula e estabilize seus processos produtivos.

    Acelere o processo produtivo e evite possíveis abandonos de lotes preciosos devido ao reconhecimento precoce de problemas potenciais de potencial zeta.

    PÓ - SECO

    Matérias-primas em pó não podem ser bombeadas.

    Simule a capacidade de bombeamento de matéria-prima sólida usando uma célula de pó.

    Use os resultados para evitar problemas durante o transporte e o armazenamento de materiais pulverizados.

    O revestimento em pó não realiza a cura de forma correta ou não pode ser pneumaticamente transportado.

    Determine o comportamento de fluidização e de cura e correlacione a influência dos auxiliares de fluxo na fluidização, além do processo de cura.

    Aumento da satisfação do cliente com pós que podem ser facilmente aplicados e apresentam bom comportamento de cura

    O revestimento em pó não parece distribuído por igual.

    Analise a distribuição do tamanho de partículas com um analisador de tamanho de partículas e otimize para alcançar a aparência externa desejada do revestimento pulverizado.

    O revestimento pulverizado mostra alta durabilidade e atende aos requisitos visuais.

    Você não encontrou sua amostra específica? A Anton Paar ainda tem a solução para o seu desafio. Entre em contato conosco para mais informações. 

Avaliação gratuita do ViscoQC 100/300

Experimente e apaixone-se!

Não perca a oportunidade única de testar nossos novos viscosímetros rotacionais gratuitamente e maravilhe-se com o acoplamento magnético de eixo exclusivo, detecção automática de eixos e diversos outros recursos.

Clique aqui para ler um resumo breve.

Descubra como funciona:

  1. Registre-se para uma avaliação gratuita através do formulário de contato.
  2. O distribuidor/subsidiária mais próxima da Anton Paar entrará em contato com você para dar continuidade ao processo.
  3. Em caso de dúvidas, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco.
Obtenha a sua avaliação gratuita

Garantia de devolução do seu dinheiro por 30 dias

Compre e apaixone-se!

Compre o ViscoQC 100 ou o ViscoQC 300 hoje mesmo na loja online da Anton Paar e conte com nossa exclusiva garantia de devolução do seu dinheiro por 30 dias. Compre o instrumento, veja como ele funciona e, se você não se convencer, sinta-se à vontade para devolver.

Descubra como funciona:

  1. Compre o ViscoQC 100 ou o ViscoQC 300 na loja online da Anton Paar.
  2. Confira nosso folheto de práticas operacionais padrão (POP) ou assista aos vídeos para começar a usar dentro de instantes. Em caso de dúvidas, basta falar conosco pelo LiveChat ou enviando um e-mail para a subsidiária mais próxima da Anton Paar.
  3. Um mês depois e você ainda não está convencido? Recebemos o instrumento de volta e cuidamos do reembolso sem qualquer encargo extra para você.
Compre agora
OU
  • O mundo inteiro da viscosimetria e reometria

    O comportamento do fluxo e da deformação são parâmetros essenciais quando se trata da caracterização de materiais. Os viscosímetros e reômetros são as ferramentas ideais para ver se sua amostra está no fluxo correto.

    Saiba mais

  • Caracterização de partículas

    A Anton Paar lhe oferece instrumentação para todos eles e muito mais – é o mais amplo portfólio de caracterização de partículas disponibilizado por um único fornecedor no mundo todo. Faça uso dessa ampla possibilidade de escolha e também se beneficie da experiência de uma década em campo - tudo em apenas um ponto de contato.

    Saiba mais

  • Controle de qualidade e pesquisa e desenvolvimento para tintas e revestimentos

    Viscosímetros

    Medições de viscosidade de tintas e revestimentos são essenciais para controle de qualidade em cada etapa da linha de produção. Elas garantem a consistência da matéria-prima recebida, oferecem informações imediatas sobre a capacidade de processamento e bombeamento de um material e ajudam a verificar a consistência de produtos finais e suas especificações. Um viscosímetro rotacional como o ViscoQC 100/300 é normalmente usado para controle de qualidade na indústria de produção tintas e atende a normas como ISO 2555, ASTM D2196 e várias outras. Determine a viscosidade dinâmica de ponto único com o ViscoQC 100 para rápido controle de qualidade ou inicie uma medição de viscosidade de múltiplos pontos com o ViscoQC 300 para determinar, por exemplo, o comportamento de fluxos e o ponto de escoamento da tinta. Receba resultados excepcionais usando um instrumento independente de descomplicado com recursos inteligentes e valiosos:

    • Pronto para operação ao ser retirado da caixa
    • Função de nivelamento digital integrada para verificar se o alinhamento está adequado
    • Acoplamento magnético para conexão/remoção do eixo com uma mão
    • Detecção automática de eixo/proteção e verificação de alinhamento de instrumento digital
    • TruMode™ para quando a combinação de eixo/velocidade é desconhecida
    • Dispositivo de temperatura Peltier resfriado a ar com T-Ready™ que mostra quando a amostra atingiu o equilíbrio térmico

    O reômetro rotacional RheolabQC possibilita ainda que você estude a regeneração estrutural de suas amostras e adapte-se conforme o necessário. Com nosso vasto conjunto de sistemas de medição disponíveis para o RheolabQC, é possível simular altíssimas taxas de cisalhamento típicas de pulverização. Agitadores Krebs especiais, de acordo com a norma ASTM D562, possibilitam determinar a viscosidade em unidades Krebs. Todos os sistemas de medição são reconhecidos automaticamente pelo Toolmaster™ para evitar erros de usuários e melhorar a rastreabilidade.

    Reômetros

    Com um reômetro, é possível acompanhar a mudança na viscosidade da de suas tintas e revestimentos, de um ponto de medição ao próximo. Você obtém, instantaneamente, informações mais aprofundadas sobre a deformação, comportamento do fluxo e estrutura da sua amostra, para que possa ajustar a seu favor imediatamente. Os reômetros permitem medições nos modos rotacional e oscilatório. A escolha do reômetro depende da aplicação:

    • Para investigar o comportamento da deformação e fluxo de uma amostra, vamos considerar o MCR 72.
    • Para observar a estrutura das amostras, recomenda-se o MCR 92.
    • Para toda a variedade, desde o controle de qualidade de rotina até as medições avançadas de pesquisa e desenvolvimento, a melhor escolha é o MCR 102, o MCR 302 ou o MCR 502.
    • Todos esses reômetros - MCR 72 e 92; MCR 102, 302 e 502 - oferecem acessórios específicos da aplicação para caracterizar completamente as propriedades reológicas da sua amostra de tinta e revestimento.

    Os reômetros Anton Paar fornecem uma ampla gama de acessórios e sistemas que garantem medições preparadas para o futuro para em suas aplicações específicas. Escolha dentre reômetros básicos de controle de qualidade até reômetros de P&D, todos usando o mesmo software, à prova de erros e economizando tempo:

    • Toolmaster™ – reconhecimento automático de sistema de medição e acessórios
    • Acoplamento QuickConnect: permite a conexão do sistema de medição com apenas uma mão
    • TruStrain: ajusta-se rapidamente ao estágio desejado de cisalhamento ou estágio na deformação sem excessos
    • TruRate: controla de forma precisa deformações de amostras, taxas de cisalhamento e tensões sem quaisquer pré-testes
    • TruRay: iluminação da superfície de medição para a série MCR X2 oferece uma visão clara da amostra

    Os reômetros também podem ser equipados com células de pó para reologia de pós, ajudando a entender o comportamento dos materiais em pó. Eles podem ser usados como ferramentas de controle rápido de qualidade, mas também para análise aprofundada de materiais em pó. Duas células de pó diferentes possibilitam a análise de pós, seja qual for o estado em que se encontrarem durante o processo, de compacto a consolidado até totalmente fluidizado. Desta forma, você pode simular todas as etapas do processo - da mistura à armazenagem, transporte pneumático e pulverização.

    Analisadores do tamanho de partículas

    O tamanho de partículas está relacionado á aparência final incluindo, cor, brilho e opacidade, além da processabilidade de diferentes tintas e revestimentos. O PSA da Anton Paar é o instrumento ideal para monitoramento do tamanho de partículas e da distribuição do tamanho de partículas, pois é capaz de analisar materiais em pó seco e partículas em suspensão com apenas um equipamento. O analisador de tamanho de partículas Litesizer pode medir o potencial zeta para analisar o comportamento de estabilidade de formulação e aglomeração em dispersões, além do tamanho de partículas dentro da faixa de alcance do nanômetro.

    Analisadores de densidade de sólidos, tamanho de poros e densidade de sólidos

    A área de superfície dos materiais em pó é determinada para entender rapidamente e em mais detalhes o comportamento de materiais em pó, tais como a Concentração de Volume Crítico de Pigmento (CPVC) e formulação de dispersão. A área de superfície pode ser medida com o Novatouch, Quadrasorb, ou autosorb iQda Anton Paar. A densidade real dos materiais em pó é medida pelo Ultrapyc para determinar a densidade de sólidos (ASTM D5965) que é usada para formular misturas, auxiliar em cálculos de espessura/cobertura/CPVC de filme curado (ASTM D5965), e conhecer o Volume de Porcentagem de Matéria Não Volátil em Revestimentos (ASTM D6093). A densidade Tap é um método usado pelo Autotap para avaliar rapidamente o material reciclado, além da capacidade de fluxo.

    INSTRUMENTOS PARA DETERMINAÇÃO DE ÁREA SUPERFICIAL

    autosorb iQ

    • Medição de área superficial por adsorção de crípton
    • Método de teste comum:
      • Área superficial BET (adsorção gasosa criogênica com pressão volumétrica muito baixa)
    • Acessórios:
      • Unidade de preparação de amostra externa

    NOVAtouch

    • Medição de área superficial por adsorção de nitrogênio
    • Método de teste comum:
      • Área superficial BET (adsorção gasosa criogênica com pressão volumétrica baixa)

    ANALISADOR DE DENSIDADE DE SÓLIDO

    Ultrapyc

    • Determinação de Densidade Real de Pigmentos Secos e Filmes de Tinta
    • Métodos de teste comuns:
      • Picnometria de gás para densidade sólida real

    Autotap

    • Densidade aparente extraída de pós e misturas de um único componente
    • Métodos de teste comuns:
      • Densidade aparente
      • Índice Carr e proporção de Hausner
    • Acessórios:
      • Adaptador para volumes elevados
      • Cabine de Redução de Ruído

    ANALISADOR DE TAMANHO DE PARTÍCULAS

    PSA

    • Determinação de tamanho de partículas e distribuição do tamanho de partículas em produtos líquidos e secos usando difração a laser.
    • Métodos de teste comuns:
      • Difração a laser para análise de tamanho de partículas e distribuição de tamanho de partículas
    • Acessórios:
      • Unidade de amostragem automática
      • Sonicador Externo

    Litesizer

    • Medições de tamanho de partícula e medições de potencial zeta de dispersões líquidas.
    • Métodos de teste comuns:
      • Dispersão de luz dinâmica (DLS) para análise de tamanho de partícula
      • Dispersão de luz eletroforética (ELS) para medição de potencial zeta
    • Acessórios:
      • Sistema de Dosagem para medição automatizada dependente de pH
      • Diversos tipos de cuveta

    REÔMETROS PARA PÓ

    Célula de Fluxo de Pó

    • Análise do comportamento de materiais em pó quando fluidizado

    Célula de Cisalhamento de Pó

    • Análise de fluxo de pó com controle de temperatura e umidade

    VISCOSÍMETROS ROTACIONAIS

    ViscoQC 100

    • Viscosidade dinâmica de ponto único de líquidos de viscosidade alta a baixa para controle rápido de qualidade
      • Método de teste comum:
        • Medição de viscosidade de ponto único
    • Geometrias de medição: eixos relativos (L/RH), eixos DIN/SSA, palhetas, hastes de vidro
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    ViscoQC 300

    • Viscosidade dinâmica de ponto múltiplo de líquidos de viscosidade alta a baixa para controle rápido de qualidade
      • Métodos de teste comuns:
        • Curva de Vazão/Viscosidade
        • Determinação de Limite de escoamento
        • Investigação de comportamento dependente do tempo
    • Geometrias de medição: eixos relativos (L/RH), eixos DIN/SSA, palhetas, hastes de vidro
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    REÔMETROS ROTACIONAIS

    RheolabQC

    • Testes reológicos rotacionais de materiais que variam de amostras de baixa viscosidade até semissólidas
      • Métodos de teste comuns:
        • Teste rotacional para determinação de limite de escoamento/elasticidade
        • Teste rotacional de tixotropia de 3 intervalos (3ITT).
    • Geometrias de medição: cilindros e cilindros internos concêntricos, cilindros de folga dupla, misturadores, misturadores Krebs
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    MCR 72 | 92

    • Testes reológicos rotacionais com sistemas de medição cilíndrico e cilíndrico interno, placa paralela, e cone-placa para amostras líquidas até amostras semissólidas
    • Testes reológicos rotacionais e oscilatórios com sistemas de medição cilíndrico e cilíndrico interno, placa paralela, e cone-placa - para praticamente todos os tipos de amostras
      • Métodos de teste comuns:
        • Teste rotacional para determinação de limite de escoamento/elasticidade
        • Teste rotacional de tixotropia de 3 intervalos (3ITT).
        • Varredura de Amplitude e Frequência
        • Teste de tixotropia oscilatório de 3 intervalos (3ITT).
    • Geometrias de medição: cone-placa, placa paralela, geometrias cilíndricas
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    REÔMETROS ROTACIONAIS E OSCILATÓRIOS

    MCR 102 | 302 | 502

    • Investigações das propriedades viscoelásticas de matérias-primas, formulações e produtos finais, desde CQ a P&D.
      • Métodos de teste comuns:
        • Medições oscilatórias e rotacionais de sólidos
        • Reologia de pós
    • Geometrias de medição: instalações sólidas para filmes, fibras e barras, instalações para reologia extensional
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    MCR 702 MultiDrive

    • Caracterização completa de material em pesquisa e desenvolvimento
      • Métodos de teste comuns:
        • Testes oscilatórios e rotacionais avançados com uma ou duas unidades de comando
        • Capacidades totais de DMA no modo de torção, tensão, flexão e compressão
    • Geometrias de medição: dobra em três pontos, cantilever
    • Toolmaster™* e conexão por Acoplamento Magnético/rápido**

    * para reconhecimento de ferramenta e configuração automáticas para garantir o manuseio fácil e minimizar erros de usuário
    ** para acoplamento/troca fácil de eixos, cilindros e sistemas de medição com apenas uma das mãos

  • 3 anos de garantia

    • Em vigor a partir de 1 de janeiro de 2020, todos os instrumentos novos da Anton Paar* inclui reparos por 3 anos.
    • Os clientes evitam custos imprevistos e sempre podem confiar no seu instrumento.
    • Juntamente com a garantia, oferecemos um amplo conjunto de serviços adicionais e opções de manutenção.

    * Devido à tecnologia usada, alguns instrumentos exigem manutenção de acordo com um cronograma. Respeitar o cronograma de manutenção é um pré-requisito para a garantia de 3 anos.

    Saiba mais

Seminários Online

Como entender a tinta e os pós de revestimento em cada etapa do ciclo de vida para melhorar sua processabilidade e qualidade

As tintas e revestimentos possuem requisitos consideráveis, simplesmente por causa das diferentes aplicações e situações em que são usados e dos diferentes materiais de que são feitos. Cobrir e entender todo o ciclo da vida útil das tintas e revestimentos significa ser capaz de medir e analisar as propriedades corretas em qualquer etapa - desde as matérias-primas recebidas até as etapas intermediárias, como mistura até o produto final e acabado. Mas o ciclo de vida não termina com a tinta ou revestimento acabado. Transporte, armazenamento de longo prazo e aplicabilidade são cruciais, assim como a durabilidade e a resistência a arranhões dos materiais aplicados. Independentemente do desenvolvimento ou produção, existem muitos parâmetros que influenciam o processo de fabricação e aplicação que devem ser abordados, por exemplo, tamanho de partícula, potencial zeta, reologia do pó, área de superfície e densidade real.

  • Conhecer os parâmetros cruciais de pó
  • Saber por que esses parâmetros são importantes para estabilidade e processabilidade
  • Aprender sobre a simplicidade de obter esses parâmetros
Assista agora

Hora de evoluir 14 - Obtenha o acabamento perfeito para suas tintas e revestimentos

Você já se perguntou como a composição da sua tinta influencia na qualidade do seu produto final: Neste seminário online você aprenderá como deixar o nivelamento e a sedimentação no passado. Você aprenderá sobre:

  • Comportamento reológico de tintas e revestimentos
  • Métodos de teste rotacionais como ponto de rendimento e determinação tixotrópica
  • Interpretação de resultados de teste e como otimizar a reologia dos revestimentos para garantir um comportamento perfeito de aplicação
Assista agora

Domine a vazão de seus revestimentos

Já se perguntou como seu controle de qualidade pode ser mais eficiente e confiável? Ou como a reologia pode ajudar em cada etapa do processo de P&D de seus revestimentos? Do controle de qualidade ou processo na linha de produção até as medições específicas no processo de desenvolvimento de novos produtos - cadastre-se hoje e saiba como os reômetros e viscosímetros da Anton Paar podem ajudá-lo em:

  • Análise de Viscosidade
  • Determinação de Limite de Escoamento e Fluxo
  • Comportamento de Decomposição e Regeneração
  • Investigação do comportamento de curagem e secagem
Assista agora