2018-07-23 | Corporate

Graduação para o RapidOxy 100

A estabilidade à oxidação e, em última instância, a vida de prateleira é um critério importante de muitos produtos. Com o RapidOxy 100 da Anton Paar ProveTec, exatamente isso pode ser determinado. O equipamento de medição foi lançado no mercado no começo deste ano. O princípio de medição se baseia na quantidade de oxigênio que um produto pode absorver e quimicamente ligar. Isso é o que finalmente causa a deterioração. O órgão de normatização American Society for Testing and Materials (ASTM) publicou recentemente um método normatizado oficial com o RapidOxy 100 intitulado “ASTM D8206: Standard test method for oxidation stability of lubricating greases – Rapid Small Scale Oxidation Test (RSSOT)”.

O procedimento de teste é simples. O técnico coloca quatro gramas de amostra em um recipiente de vidro, coloca-o no RapidOxy 100 e carrega o equipamento com oxigênio puro, a uma pressão de 700 kPa. Quando aquecida a uma temperatura máxima de 180 graus, é observada a queda de pressão na câmara de medição. Isso pode levar alguns dias. A pressão cai porque o oxigênio reage com a amostra e, dessa forma, é consumido. Assim, a queda de pressão é uma medida da oxidação e da “degradação” da amostra. O método normatizado recentemente publicado pela ATSM lida com a deterioração de graxas lubrificantes. “A oxidação da graxa leva a uma perda da lubricidade; a graxa endurece e pode se aglomerar, por exemplo. Além disso, os produtos de oxidação potencialmente resultantes danificam o material, ao invés de lubrificá-lo”, explica Gerold Tandler, chefe de linhas de produtos da Anton Paar ProveTec.

Esta informação é essencial aos fabricantes e usuários finais de graxas. Alguns dos clientes do modelo anterior, o RapidOxy, e do RapidOxy 100 são empresas do ramo petroleiro, de fabricação ou alimentício. Vantagem do RapidOxy 100 em comparação aos produtos da concorrência: “É mais rápido e muito mais preciso”, explica Gerold Tandler. Foi alcançado o objetivo de criar um novo e moderno procedimento de teste padrão, que elimina as deficiências dos métodos existentes.