Papel | Viscosímetro L-Vis Inline: Adesivos de Amido

A palavra amido (“starch”, em inglês) possui raiz germânica, que significa “forte, duro, fortalecer ou endurecer”, pois durante séculos, nos tempos modernos, seu principal uso foi em aplicações têxteis. É conhecimento antigo que tecidos de linho - com resultados perfeitos - precisa ser engomado durante a passagem da roupa. Além disso, nossos avós usavam um adesivo natural, como cola de osso ou cola de amido, para muitos trabalhos. Aplicações de amido industrial podem não ser mais tão visíveis, mas são amplamente difundidas em diversas aplicações e processos - por exemplo, na indústria papeleira e de produção de papelão.

Processo

O amido é um produto polimérico natural, encontrado em muitos processos como adesivo ou espessante. É usado e fornecido normalmente em pó, a granel ou em sacos. Dependendo da aplicação industrial, é dissolvido a frio ou cozido.

O uso de amido em papelão ondulado ou papel laminado é uma das aplicações globais mais amplas para amidos não alimentícios. Nesta aplicação, o amido é usado como um adesivo entre os revestimentos de papel.

Este adesivo é aplicado - em, por exemplo,produção de laminados ondulados - às pontas da camada de papel canelado, pressionada em outro papel plano, chamado de forro. Durante a secagem a quente, o adesivo de amido toma forma gelatinosa. Isto cria um adesivo forte para papelão ondulado ou l de papel laminado.

Os adesivos de amido são preparados a frio a partir do pó de adesivo de amido pré-fabricado ou cozidos juntamente com soda cáustica e bórax, o que resulta em uma cola opaca.

O processo geral - consulte a Figura 1 - consiste na parte inicial de preparação do adesivo de amido, seguido por um tanque de armazenamento e pela tubulação até a laminadora.

Obter o documento

Para receber este documento, entre com seu e-mail a seguir.

Carregando...

Erro